Reproduzir Artigo
Getting your Trinity Audio player ready...

Esse é o maior medo de quase todos os estudantes que vão fazer a prova do Enem este ano, principalmente, em relação à redação. Mas, afinal, o que é “dar branco” na prova? Seria algo relacionado a não saber nada sobre o tema? Se for isso, então, preciso lhe dizer que desconhecer o tema não implica ir mal na redação.

Por que temos “branco” na prova de redação

Se tem algo que pode dar errado, e por isso o “branco” na redação vem, é não saber definir a tese.

Então, é aí o ponto que você deve atacar. Quer que as ideias fluam na hora da prova? Aprenda a definir a tese. Ela é o fio condutor de todo o texto. Ela aparece na introdução, é retomada no desenvolvimento e solucionada na conclusão.

Observe, com isso, o grau de importância e de gravidade caso não se defina essa tese.

É fato que a correção do Enem deve ser feita de forma objetiva, conforme o manual do corretor, mas em muitos casos, é SUBJETIVA. Diante disso, você precisa ter máximo cuidado para fazer um texto que não fiquei à mercê de uma avaliação, sabe-se lá como.

Para isso, tenha MÉTODO, desenvolva uma maneira ou procedimento para fazer a dissertação. E isso está relacionado ao conhecimento que você deve ter das 5 COMPETÊNCIAS de avaliação da redação do Enem.

Assim, sabendo em que sentido você está sendo avaliado e como fazer para que o ‘branco’ da página vire um ‘colorido’ de ideias, com certeza, aquela sensação “deu branco” na prova não vai acontecer.

Para evitar a falta do que dizer no ato de escrita, você precisa, como já mencionei, conhecer as competências e ter o método que vou mostrar.

Proceda assim: encontre um canto da prova onde você possa armar o seguinte esquema.

VEJA TAMBÉM: A MELHOR PÓS GRADUAÇÃO DO BRASIL.

Dica para evitar o “branco” na redação

Tema: _______________________________ (coloque aqui o tema)- o tema está na parte inicial da prova, onde diz: “… redija um texto dissertativo…”

Tese: ________________________________ (crie a tese ou as teses aqui)- a tese refere-se a um ou mais fatos-problema relacionados ao tema, os quais são as causas ou consequências vinculadas a este tema.

Argumentos: organize-os abaixo, em sequência vertical, horizontal, circular… tanto faz… o importante é que eles sejam pensados antes de começar a redação – os argumentos são articulados da seguintes maneira: com base na tese, você deve fazer as seguintes perguntas:

  • a quem ou a que tal ideia se refere?
  • Por que aquela afirmação é verdadeira, ou seja, com base em que ela é verdade?
  • Como aquilo ocorre?

Se conseguir responder a isso terá a progressão argumentativa de todo o parágrafo. Procure também relacionar alguma área do conhecimento (história, filosofia, geografia…) no final de cada desenvolvimento.

Solução: Essa parte deve ser planejada antes de começar o 4º parágrafo. Faça as seguintes perguntas:

  • Quem pode resolver?
  • O que pode ser feito?
  • Como pode ser feito?
  • Quais os possíveis benefícios.

Tente responder isso para poder resolver o problema ou os problemas detalhados no desenvolvimento, os quais foram articulados a partir da tese.

Certo? Então, vamos evitar o branco? Vamos ser profissionais naquilo que fazemos. Nada de amadorismo. Precisamos saber o que devemos fazer e sobretudo COMO fazer.

Branco na prova, não! Queremos um colorido harmônico de ideias. Aproveita e já comenta abaixo se você também já passou por isso.

Categorized in:

Redação,