Reproduzir Artigo
Getting your Trinity Audio player ready...

Preparar-se para concursos públicos é uma jornada desafiadora que combina dedicação, estratégia e um profundo entendimento dos métodos de estudo eficazes.

Este guia é dedicado a esclarecer o caminho para o sucesso nos concursos, abordando desde a compreensão das bancas examinadoras até técnicas avançadas de estudo.

Seja você um novato ou já familiarizado com esta jornada, aqui encontrará insights valiosos, estratégias comprovadas e uma dose de motivação para ajudá-lo a alcançar seus objetivos.

Entendendo as Bancas Examinadoras

CESPE: Uma Análise Detalhada

Visão Geral

CESPE, agora conhecido como Cebraspe, é uma das bancas mais renomadas e temidas por candidatos a concursos públicos no Brasil. Conhecida por sua abordagem rigorosa e inovadora na elaboração de questões, o Cebraspe destaca-se por exigir do candidato não apenas conhecimento, mas também habilidade analítica e atenção aos detalhes.

Estilo de Questões

O Cebraspe é famoso por suas questões de múltipla escolha no formato “Certo ou Errado”, onde uma resposta errada anula uma correta. Isso requer uma estratégia de resposta cuidadosa, pois o candidato deve pesar o risco de perder pontos por uma resposta incorreta.

Nível de Dificuldade e Preparação

As provas do Cebraspe são conhecidas por seu alto nível de dificuldade, com questões que muitas vezes integram mais de um conceito ou área do conhecimento. Para se preparar adequadamente, é essencial não só entender a teoria, mas ser capaz de aplicá-la em diferentes contextos. Isso implica em um estudo aprofundado dos materiais e, principalmente, em muita prática com questões anteriores da banca.

Dicas Específicas

  • Análise de Provas Anteriores: Faça uma análise detalhada de provas anteriores do Cebraspe para entender o estilo e os tipos de questões frequentes.
  • Treino com Questões: Pratique muitas questões no estilo “Certo ou Errado” para desenvolver uma estratégia eficaz de respostas.
  • Estudo Integrado: Dado que o Cebraspe muitas vezes mescla diferentes áreas do conhecimento em uma única questão, é vital que seu estudo não seja isolado por disciplina, mas integrado.

FCC – Fundação Carlos Chagas

Visão Geral

A FCC é outra banca examinadora renomada no Brasil, conhecida pela elaboração de provas para diversos concursos públicos. Distingue-se pelo seu estilo claro e objetivo de questões, focando mais na interpretação do texto e na aplicação direta de leis e conceitos.

Estilo de Questões

As questões da FCC geralmente são de múltipla escolha, com um enfoque significativo em interpretação de texto, legislação e conhecimentos específicos. Elas tendem a ser mais diretas do que as do CESPE, mas ainda assim desafiadoras na sua abordagem.

Preparação Específica

Para a FCC, é crucial ter uma boa compreensão da legislação e estar atualizado sobre as leis e normativas relevantes. Além disso, práticas de interpretação de texto e resolução de questões de múltipla escolha são essenciais.

FGV – Fundação Getúlio Vargas

Visão Geral

A FGV é conhecida por organizar concursos de alto nível, especialmente para cargos que exigem análise e interpretação complexa de dados. As provas da FGV são reconhecidas por sua abordagem inovadora e por vezes interdisciplinar.

  • Para informações detalhadas sobre a FGV, o site QConcursos oferece um guia sobre o estilo de questões e abordagens dessa banca.

Estilo de Questões

As questões da FGV costumam exigir uma análise aprofundada e capacidade de interpretar e correlacionar informações de diferentes fontes. Não raro, apresentam um nível de complexidade que desafia o entendimento conceitual e analítico do candidato.

Preparação Específica

Para se preparar para as provas da FGV, recomenda-se um estudo aprofundado dos tópicos relevantes, além de uma prática intensa com questões que exigem análise e interpretação complexas. A familiaridade com casos práticos e estudos de caso pode ser um diferencial.

Como Criar um Plano de Estudos Eficaz

Identificando Seu Estilo de Aprendizagem

Antes de criar um plano de estudos, é crucial reconhecer seu estilo de aprendizagem. Você prefere visualizar informações (aprendiz visual), ouvir explicações (aprendiz auditivo), ou aprender fazendo (aprendiz cinestésico)? Sua preferência determinará os métodos e materiais que serão mais eficazes para você.

Elaborando o Plano

Seu plano de estudos deve ser personalizado, refletindo seu estilo de aprendizagem, pontos fortes e fracos, e o tempo disponível para estudos.

Componentes do Plano de Estudos

  • Divisão do Conteúdo: Divida o conteúdo do concurso em tópicos manejáveis. Isso ajuda a evitar a sobrecarga e a garantir que nenhum tópico importante seja negligenciado.
  • Técnicas de Estudo Variadas: Incorpore diferentes técnicas de estudo, como resumos, mapas mentais e flashcards, para manter o processo de aprendizagem interessante e eficaz.
  • Revisões Regulares: Inclua revisões periódicas no seu cronograma para consolidar o aprendizado.
  • Simulados: Realize simulados periodicamente para avaliar seu progresso e adaptar seu plano conforme necessário.

Exemplo de Plano Semanal

  • Segunda-feira: Estudo de Direito Constitucional (2 horas), seguido de 30 minutos de revisão de Direito Administrativo.
  • Terça-feira: Resolução de questões de Português (1 hora), estudo de Informática (1 hora).
  • Quarta-feira: Descanso ou revisão leve de tópicos estudados anteriormente.
  • Quinta-feira: Mapas mentais de Direito Penal (1 hora), prática de redação (1 hora).
  • Sexta-feira: Simulado de questões variadas (2 horas), análise dos erros.
  • Sábado/Domingo: Revisão dos tópicos estudados na semana e preparação para a próxima semana.

Seleção e Uso de Materiais de Estudo

Escolhendo os Materiais Certos

A seleção de materiais de estudo é um dos fatores mais cruciais na preparação para concursos. Aqui estão algumas dicas para escolher os materiais mais adequados:

  • Recomendações de Aprovados: Procure recomendações de materiais feitas por pessoas que já foram aprovadas nos concursos que você está mirando.
  • Qualidade sobre Quantidade: Prefira materiais de alta qualidade e com bom reconhecimento no mercado. Evite acumular muitos livros ou cursos que você não terá tempo de usar eficientemente.
  • Atualização: Certifique-se de que os materiais estejam atualizados, especialmente em áreas como legislação e tecnologia.

Integrando Diferentes Fontes

A integração de diferentes tipos de materiais pode potencializar seu aprendizado. Por exemplo, você pode ler um capítulo de um livro e, em seguida, assistir a uma videoaula sobre o mesmo tópico. Essa abordagem multimodal ajuda a reforçar o aprendizado e manter o estudo dinâmico e interessante.

Técnicas Avançadas de Estudo

Técnica de Feynman

Esta técnica envolve explicar um conceito em termos simples, como se você estivesse ensinando a alguém sem conhecimento prévio sobre o assunto. Isso força você a entender profundamente o tópico e identificar lacunas no seu conhecimento.

Mapas Mentais

Mapas mentais são excelentes para visualizar conexões entre diferentes conceitos. Eles são particularmente úteis para disciplinas como Direito e História, onde entender as relações entre os eventos ou conceitos é fundamental.

  • Uso de Mapas Mentais: O MindMeister, uma ferramenta de mapas mentais, oferece um guia sobre como usar mapas mentais para estudar.

Estudo Ativo Versus Passivo

Evite a armadilha do estudo passivo, como apenas ler ou assistir aulas. Engaje-se ativamente com o material: faça anotações, responda a questões, discuta com colegas de estudo. Isso aumenta significativamente a retenção de informações.

Gestão do Tempo e Cronograma de Estudos

Criação de um Cronograma de Estudos

Um cronograma bem planejado é a espinha dorsal de uma preparação eficiente. Ao criar seu cronograma, considere:

  • Tempo Disponível: Seja realista sobre quanto tempo você pode dedicar aos estudos diariamente ou semanalmente.
  • Intervalos de Descanso: Inclua pausas regulares para evitar o esgotamento mental.
  • Flexibilidade: Permita algum espaço para ajustes, pois imprevistos acontecem.

Técnicas para Evitar a Procrastinação

  • Método Pomodoro: Use esta técnica para manter períodos focados de estudo com pausas curtas.
  • Pequenas Metas: Defina metas pequenas e alcançáveis para cada sessão de estudo.
  • Ambiente de Estudo: Prepare um ambiente de estudo livre de distrações.

Gestão do Tempo e Cronograma de Estudos para Quem Trabalha

A Arte de Montar um Cronograma de Estudos Eficiente

Criar um cronograma de estudos eficaz é uma habilidade crucial, especialmente para aqueles que precisam conciliar o trabalho com a preparação para concursos. Um cronograma bem estruturado pode fazer a diferença entre o sucesso e o fracasso.

Análise do Tempo Disponível

Primeiramente, é importante ter uma noção clara do tempo disponível para estudar. Se você trabalha em tempo integral, suas horas de estudo estarão limitadas às manhãs, noites ou fins de semana. Faça um registro honesto de suas atividades diárias para identificar períodos livres que podem ser dedicados aos estudos.

Elaboração do Cronograma

Para Quem Trabalha em Tempo Integral

  • Manhãs e Noites Durante a Semana: Reserve de 1 a 2 horas para estudo focado. Por exemplo, se você começa a trabalhar às 9h, tente estudar das 6h às 7h. À noite, após o trabalho, dedique outra hora.
  • Fins de Semana: Utilize blocos maiores de tempo, de 3 a 4 horas, para cobrir tópicos mais complexos ou fazer simulados.

Exemplo de Cronograma Semanal

  • Segunda a Sexta
    • 6h00 – 7h00: Estudo de Direito Constitucional.
    • 19h30 – 20h30: Resolução de questões de Português.
  • Sábado
    • 9h00 – 13h00: Simulado abrangendo tópicos variados.
    • 14h00 – 15h00: Revisão do simulado e anotações.
  • Domingo
    • 9h00 – 12h00: Estudo de tópicos específicos com base nas dificuldades identificadas no simulado.

Dicas para Maximizar o Tempo de Estudo

  • Estudo Ativo: Priorize métodos de estudo ativo, como resolução de questões e elaboração de resumos, ao invés de apenas ler ou assistir aulas.
  • Técnicas de Memorização: Utilize técnicas como mnemônicos ou flashcards para revisar tópicos importantes durante pequenas pausas no trabalho.
  • Aproveite os Intervalos: Use pequenos intervalos durante o dia (como pausas para café ou o tempo de deslocamento) para revisar tópicos ou ouvir podcasts educativos.

Flexibilidade e Ajustes

Seu cronograma deve ser flexível. Se perceber que não está conseguindo acompanhar o plano, faça ajustes. Pode ser necessário reduzir o tempo de estudo em alguns dias para manter a qualidade e a eficácia do aprendizado.

Elaboração de um Cronograma para Estudo Integral

Para quem tem a oportunidade de dedicar-se integralmente aos estudos, é possível desenvolver um cronograma mais intensivo, porém ainda mantendo um equilíbrio para evitar o esgotamento.

Divisão do Tempo de Estudo

Com 6 horas por dia disponíveis, a estratégia é equilibrar estudo, revisão e prática de questões. A ideia é cobrir todos os aspectos necessários para um preparo abrangente, sem sobrecarregar qualquer área.

Exemplo de Cronograma Semanal para Estudo Integral

Segunda a Sexta

  • 8h00 – 10h00: Estudo de uma matéria principal (ex: Direito Constitucional).
  • 10h30 – 11h30: Revisão de conteúdos estudados anteriormente.
  • 13h00 – 14h00: Estudo de uma matéria secundária ou complementar (ex: Informática).
  • 14h30 – 15h30: Resolução de questões e prática de exercícios.

Sábado

  • 9h00 – 12h00: Realização de um simulado completo.
  • 14h00 – 16h00: Análise dos erros e revisão com base no simulado.

Domingo

  • Descanso ou estudo leve, como leitura de material de apoio ou assistir a videoaulas.

Dicas para Aproveitamento Máximo do Tempo de Estudo

  • Variedade de Métodos de Estudo: Alterne entre leituras, videoaulas, resumos e mapas mentais para manter o estudo dinâmico e evitar a monotonia.
  • Técnicas de Memorização e Revisão: Incorpore técnicas como o método de loci ou flashcards para revisões eficientes.
  • Exercícios Físicos e Lazer: Inclua atividades de lazer e exercícios físicos em sua rotina para manter a saúde mental e física, o que é crucial para um estudo produtivo.

Adaptabilidade do Cronograma

Este cronograma é um modelo que pode e deve ser adaptado às suas necessidades e ritmo de aprendizagem. Fique atento aos sinais de cansaço e esgotamento e ajuste seu cronograma conforme necessário para manter a eficácia dos estudos.

Estudando Antes da Publicação do Edital: Uma Estratégia Vencedora

A Importância de Antecipar os Estudos

Começar a estudar antes da publicação do edital é uma estratégia que pode colocar você à frente na competição. Este método é particularmente vantajoso por várias razões.

Entendendo o Porquê de Estudar com Antecedência

  • Cobertura Ampliada de Conteúdos: Muitas matérias são recorrentes em concursos públicos. Começar a estudar com antecedência permite cobrir um espectro mais amplo desses conteúdos.
  • Redução de Pressão: Quando o edital é publicado, o tempo até a prova pode ser limitado. Antecipar os estudos alivia a pressão do tempo, permitindo um aprendizado mais aprofundado e menos apressado.
  • Adaptação ao Ritmo de Estudo: Iniciar os estudos com antecedência permite que você desenvolva um ritmo de estudo sustentável, evitando o esgotamento e garantindo uma preparação mais consistente.

Como Começar a Estudar Antes do Edital

  • Foco em Matérias Básicas e Comuns: Concentre-se em disciplinas frequentemente presentes em diversos concursos, como Português, Matemática, Informática e Direito Constitucional.
  • Desenvolvimento de Habilidades de Estudo: Use este período para aprimorar suas técnicas de estudo, encontrar os melhores métodos para você e estabelecer uma rotina eficaz.
  • Monitoramento de Editais Anteriores: Analise editais anteriores do mesmo concurso ou de concursos semelhantes para ter uma ideia do que esperar e focar nas áreas mais relevantes.

Vantagens Competitivas de Estudar com Antecedência

  • Maior Tempo de Revisão: Quando o edital for publicado, você já terá coberto grande parte do conteúdo, permitindo que dedique mais tempo à revisão e à prática de questões.
  • Adaptação ao Estilo das Bancas: Use o tempo extra para se familiarizar com o estilo de questões das bancas examinadoras, aumentando suas chances de sucesso.
  • Redução do Estresse: Ao começar cedo, você reduz significativamente o estresse e a ansiedade pré-exame, o que pode impactar positivamente seu desempenho.

Conciliando Estudos para Concursos com Outras Responsabilidades

Para muitos candidatos a concursos públicos, equilibrar os estudos com trabalho, família e lazer é um dos maiores desafios. A chave para o sucesso é encontrar um equilíbrio saudável.

Estratégias para Conciliar Responsabilidades

  • Priorização e Planejamento: Determine quais são suas prioridades e planeje seu tempo de acordo. Isso pode significar dedicar menos tempo a atividades de lazer durante a preparação para o concurso.
  • Estabelecimento de Limites: Defina limites claros entre tempo de estudo e tempo para outras atividades. Por exemplo, reserve as noites para a família ou lazer, mantendo as manhãs ou as tardes para estudos.
  • Comunicação com Familiares e Amigos: Explique suas metas e necessidades para seus entes queridos, para que eles possam apoiar seu esforço e entender suas limitações de tempo.

Dicas para Gerenciar o Tempo Eficazmente

  • Utilize Técnicas de Gestão de Tempo: Técnicas como a Pomodoro podem ajudar a maximizar a eficiência dos estudos em períodos mais curtos.
  • Estudo de Alta Qualidade, Não Quantidade: Concentre-se na qualidade do seu estudo. Horas dedicadas ao estudo de maneira eficiente valem mais do que longas horas de estudo improdutivo.
  • Integração de Atividades: Tente integrar os estudos com atividades cotidianas, como ouvir áudios de revisão durante o trajeto para o trabalho.

Mantendo o Bem-Estar Físico e Mental

  • Inclua Atividades de Relaxamento: Reserve tempo para atividades que você gosta e que o relaxam, como esportes, leitura ou assistir a filmes.
  • Exercícios Físicos: Mantenha uma rotina regular de exercícios físicos, o que é essencial para a saúde mental e o bem-estar geral.
  • Sono Adequado: Não sacrifique horas de sono pelos estudos. Um sono de qualidade é essencial para o aprendizado e a retenção de informações.

Mantendo a Motivação Durante a Preparação para Concursos

A jornada para a aprovação em concursos públicos pode ser longa e desafiadora. Manter a motivação elevada é essencial para continuar avançando, mesmo diante de obstáculos e desafios.

estude para concurso público

Estratégias para Manter-se Motivado

  • Definição de Metas Claras: Estabeleça metas de estudos de curto, médio e longo prazo. As metas de curto prazo podem ser diárias ou semanais, como completar um determinado número de questões ou capítulos. Metas de longo prazo geralmente estão relacionadas à aprovação no concurso.
  • Celebração de Pequenas Conquistas: Reconheça e comemore suas pequenas vitórias. Isso pode incluir completar um tópico difícil ou melhorar sua pontuação em simulados.
  • Visualização do Sucesso: Tire um tempo para visualizar seu sucesso. Imagine-se passando no concurso e alcançando seus objetivos. Isso pode ser uma poderosa fonte de motivação.

Enfrentando e Superando Desafios

  • Mantenha uma Perspectiva Positiva: Lembre-se de que os desafios são parte do processo de aprendizagem e crescimento. Uma atitude positiva pode transformar desafios em oportunidades.
  • Busque Suporte: Não hesite em buscar apoio de amigos, familiares ou grupos de estudo. Compartilhar experiências e desafios com outros que estão no mesmo caminho pode ser muito encorajador.
  • Adapte sua Estratégia de Estudo: Se sentir que está perdendo a motivação, talvez seja hora de revisar e ajustar seu método de estudo. A mudança pode reacender seu interesse e entusiasmo.

Equilíbrio entre Estudo e Descanso

  • Importância do Descanso: O descanso é tão importante quanto o estudo. Evite esgotamento garantindo que você tenha tempo suficiente para relaxar e se desconectar dos estudos.
  • Atividades de Lazer: Engaje-se em hobbies ou atividades que você gosta. Isso não só ajuda a relaxar a mente, mas também pode reenergizar você para os estudos.

Preparação Física e Mental para o Dia da Prova

A preparação para um concurso público não se limita apenas ao estudo do conteúdo; também envolve preparar sua mente e corpo para o dia do exame. Uma boa condição física e mental pode significativamente impactar seu desempenho.

Estratégias para Preparação Física

  • Exercício Regular: Mantenha uma rotina regular de exercícios físicos. Atividades como corrida, natação ou yoga podem ajudar a reduzir o estresse, melhorar o sono e aumentar a energia geral.
  • Alimentação Saudável: Uma dieta balanceada é essencial. Alimentos ricos em nutrientes podem melhorar a concentração e a memória, enquanto uma alimentação inadequada pode causar fadiga e letargia.
  • Sono de Qualidade: Garanta uma rotina de sono adequada, especialmente nas semanas que antecedem a prova. O sono tem um papel crucial na consolidação da memória e no funcionamento cognitivo.

Estratégias para Preparação Mental

  • Técnicas de Relaxamento: Práticas como meditação e mindfulness podem ajudar a manter a calma e reduzir a ansiedade.
  • Simulação das Condições de Prova: Faça simulados em condições semelhantes às do dia da prova, incluindo o horário e a duração do exame. Isso ajuda a acostumar seu corpo e mente com o ambiente de teste.
  • Gerenciamento de Ansiedade: Aprenda técnicas para gerenciar a ansiedade, como exercícios de respiração ou visualização positiva.

Preparação na Véspera e no Dia da Prova

  • Véspera da Prova: Evite estudar até tarde na véspera da prova. Em vez disso, relaxe e faça atividades leves. Prepare seu material para o dia seguinte e tente ter uma boa noite de sono.
  • Dia da Prova: No dia do exame, mantenha uma rotina tranquila. Alimente-se de forma leve, mas nutritiva, e chegue ao local da prova com antecedência para evitar estresse desnecessário.

A Importância dos Cursinhos Online

Vantagens dos Cursinhos Online

Os cursinhos online oferecem várias vantagens em comparação com os presenciais, especialmente para candidatos a concursos públicos. Essas vantagens incluem:

  • Flexibilidade de Horário: Os alunos podem assistir às aulas em qualquer horário, o que é ideal para quem precisa conciliar os estudos com trabalho ou outras responsabilidades.
  • Acesso a uma Variedade de Professores e Materiais: Cursinhos online costumam oferecer acesso a uma ampla gama de professores e materiais de estudo, permitindo que os alunos escolham os que mais se adequam ao seu estilo de aprendizagem.
  • Custo-Benefício: Em geral, cursinhos online tendem a ser mais acessíveis financeiramente do que os presenciais.

Comparação entre Estratégia Concursos e Gran Cursos

cursinho para estudar para concurso público

Ao escolher um cursinho online, é importante considerar vários fatores, como a qualidade do conteúdo, a experiência dos professores e os recursos adicionais oferecidos. Vamos examinar dois cursos populares: Estratégia Concursos e Gran Cursos.

Estratégia Concursos

  • Foco em Material Escrito: O Estratégia é conhecido por fornecer extensos materiais escritos, que são detalhados e frequentemente atualizados.
  • Simulados e Questões: Oferece uma vasta gama de simulados e questões, o que é crucial para a prática e preparação para o estilo de questões de diferentes bancas.
  • Corpo Docente: Possui uma equipe de professores com experiência tanto em concursos públicos quanto em ensino online.

Gran Cursos

  • Variedade de Videoaulas: O Gran Cursos tem um forte foco em videoaulas, com uma ampla biblioteca abrangendo diferentes matérias e concursos.
  • Interface Intuitiva: Sua plataforma é conhecida por ser amigável e fácil de navegar.
  • Recursos Adicionais: Além das aulas, oferece recursos como coaching e aulas ao vivo sobre estratégias de estudo.

Escolhendo o Curso Certo

A escolha entre Estratégia Concursos e Gran Cursos deve ser baseada nas suas preferências pessoais de estudo e nas necessidades específicas do concurso que você está mirando. Se você prefere materiais escritos detalhados e muitos simulados, o Estratégia pode ser mais adequado. Se você valoriza videoaulas diversificadas e uma plataforma interativa, o Gran Cursos pode ser a melhor escolha.

Como estudar sozinho

Para começar a estudar para concurso público sozinho, você pode seguir essas 5 dicas que vão facilitar seu aprendizado.

como Estudar sozinho de Wellington Beltrão

Pode parecer besteira, mas escolher a área de atuação é essencial, seja estudando sozinho ou em cursinhos. Na internet existem vários testes vocacionais, portanto descubra a sua área.

Em Direção ao Sucesso nos Concursos Públicos

Este guia abordou aspectos essenciais para uma preparação eficaz para concursos públicos. Revisitamos a importância de entender as bancas examinadoras, a elaboração de um plano de estudos personalizado, a seleção criteriosa de materiais, a aplicação de técnicas avançadas de estudo, e a gestão eficiente do tempo.

Discutimos também a relevância de iniciar os estudos antes da publicação do edital, como conciliar os estudos com outras responsabilidades, manter a motivação durante a preparação, e a importância da preparação física e mental para o dia da prova.

Palavras Finais de Encorajamento e Motivação

A jornada para o sucesso em concursos públicos é desafiadora, mas extremamente gratificante. Cada passo dado na direção do seu objetivo é um avanço, mesmo que pequeno. Lembre-se de que a persistência e a adaptação são chaves para superar os desafios que surgirão ao longo do caminho.

Não hesite em ajustar seu plano de estudos conforme necessário, e procure sempre manter um equilíbrio saudável entre os estudos, trabalho, lazer e cuidados pessoais. Isso não só aumentará sua eficiência nos estudos, mas também garantirá seu bem-estar geral.

Finalmente, acredite em si mesmo e na sua capacidade de alcançar seus objetivos. O caminho para a aprovação pode ser longo, mas com dedicação, estratégia e resiliência, o sucesso é plenamente alcançável. Mantenha-se focado, motivado e lembre-se de que cada esforço feito hoje é um passo mais perto da realização dos seus sonhos.

Tenho um convite para você!

Se você gostou do artigo com as dicas de como estudar para concurso, quero te convidar a deixar um comentário aqui embaixo com suas dúvidas, críticas ou sugestões sobre o que publicamos. Isso nos ajuda a melhorar nossos artigos e trazer conteúdo sempre com mais qualidade ?

Pode ter certeza que eu vou ler todos os comentários e também responderei a todos.

FAQs: Principais perguntas

Como estudar psicologia sozinho

Se você está pensando em começar a estudar psicologia sozinho pode fazer um teste vocacional antes ou ver a grande curricular do curso em qualquer faculdade.

Como estudar português para concurso sozinho

Infelizmente aquele livro velho do ensino médio não será suficiente para seu estudo. A melhor forma de estudar português sozinho é usando livros específicos ou apostilas de professores como a Flávia Rita.

Métodos para estudar sozinho

Conhecer métodos de estudos como o Pomodoro ou até mesmo o Tripé da Aprovação já é suficiente para que você consiga estudar sozinho.

Como estudar redação sozinho

O primeiro passo é entender como funciona o processo de construção da redação. Sabendo fazer um bom cabeçalho, um desenvolvimento criativo e uma conclusão fatal.

É melhor utilizar mapas mentais prontos ou criar os meus?

É melhor criar os seus próprios mapas mentais, pois isso ajuda na retenção e compreensão do conteúdo estudado.

Como fazer a revisão render?

Para fazer a revisão render, use técnicas como o espaçamento e a prática ativa.

Qual o melhor material para estudar para concursos na área fiscal?

Livros especializados, cursos online específicos para concursos fiscais e legislação atualizada são considerados bons materiais.

Como fracionar 6 horas de estudos e qual critério usar?

Priorize matérias com maior peso no concurso e alternância entre teoria e prática.

Qual site utilizar para fazer questões?

Sites como Qconcursos, Tec Concursos e Estratégia Questões são os mais populares entre concurseiros.

Categorized in:

Concurso Público,